Aprovado PL relatado por Bruna que concede licença-paternidade para pai militar


Bruna FurlanA Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou, nessa quarta-feira (10), parecer da deputada Bruna Furlan (SP) ao projeto de lei que concede ao pai militar o direito a usufruir de licença-paternidade de 20 dias consecutivos. “A medida permitirá que o militar que acaba de ser pai possa dar a assistência devida a sua esposa e a seus filhos recém-nascidos. Propiciará, também, a isonomia com os servidores públicos civis, que já gozam desse direito”, afirmou a deputada.

Reproduzir

“Todo e qualquer projeto de lei que vise valorizar a família militar, em nossa visão, merece prosperar e bem rápido. Isso, porque nossos militares enfrentam as mais duras adversidades em seu trabalho diuturno, que se dá desde as mais longínquas terras de nosso globo terrestre, como a Antártida, a África ou Ásia, até as mais perigosas regiões do nosso próprio país”, explicou a parlamentar do PSDB.

Na sua avaliação, prestigiar as famílias dos militares contribuirá para que esses profissionais se sintam ainda mais reconhecidos pelo Estado brasileiro e mais motivados para o cumprimento de suas mais variadas e arriscadas missões. “Com a transformação dessa proposição em norma jurídica, o Parlamento contribuirá para que seja aumentada a eficiência da necessária retenção de talentos que, no caso particular da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, é algo extremamente sensível e importante em vista de suas peculiaridades organizacionais”, reconheceu Bruna Furlan.

(Da assessoria da CREDN)

Compartilhe:
11 outubro, 2017 Últimas notícias Sem commentários »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *