Benefício ilegal


Lula fez confusão entre público e privado ao pedir passaportes especiais para família, afirma líder do PSDB

Diante da descoberta de concessão de mais dois passaportes diplomáticos para familiares do ex-presidente Lula, o líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), disse nesta quarta-feira (12) que o Brasil está vivendo a “mediocrização do poder”.

De acordo com o jornal “Folha de S. Paulo”, outros dois netos do ex-presidente da República, um de nove anos e outro de quatro meses de idade, também receberam o benefício.  Já são cinco os familiares de Lula que possuem o documento especial. Um dos filhos, Marcos Cláudio, disse na semana passada pelo Twitter que iria devolver o passaporte. Segundo o Itamaraty, isso ainda não ocorreu.

De acordo com o líder tucano, a atitude do Ministério das Relações Exteriores é “um deboche e uma afronta aos brasileiros”. Foi a pasta que concedeu o documento aos familiares do petista sob a justificativa do “interesse nacional”. “Sempre houve uma mistura muito grande entre o que o é público e privado nesse período do governo Lula. Esta confusão significa uso indevido da máquina pública”, destacou. 

Reproduzir
baixe aqui

O Ministério Público Federal no Distrito Federal  (MPF/DF) recomendou a anulação de passaportes diplomáticos ilegais ao ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, concedidos entre 2006 a 2010 a pessoas não contempladas pela legislação. O documento foi encaminhado hoje (12) por intermédio do procurador-geral da República, como determina a lei.

O  MPF/DF informa no comunicado que o objetivo é evitar eventuais irregularidades na concessão dos passaportes.  O Decreto 5.798/2006, que regulamenta a emissão de documentos de viagem, permite a concessão de passaportes diplomáticos apenas a agentes políticos e pessoas que exercem funções essenciais ao Estado, como o presidente da República, ministros, governadores e funcionários da carreira de diplomata.

Mordomias fora do cargo e constrangimentos no mandato

Outro mal estar provocado por Lula ocorreu quatro dias após deixar o Palácio do Planalto. O ex-presidente viajou com a família para o Guarujá, no litoral paulista, e se hospedou no Forte dos Andradas, base do Exército. Lula viajou acompanhado da mulher, Marisa Letícia, dos filhos e netos. Depois de muitas críticas, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que a família estava férias no forte a seu convite.

Durante a permanência da família na praia, o Exército comprou alguns utensílios domésticos para equipar a suíte do ex-presidente. Freezer, secador de cabelos, ferros de passar roupa, panela de prata, refrigerador duplex, aparelho de DVD e sanduicheira foram alguns dos itens adquiridos a um custo total de quase R$ 6,8 mil.

Em julho de 2004, 14 amigos dos filhos do presidente Lula passaram duas semanas desfrutando os confortos do Palácio do Alvorada. Eles vieram a Brasília de carona em avião da FAB e tinham à disposição café, almoço e jantar de primeira. Além disso, andaram de lancha e fizeram churrasco. A “Folha de S. Paulo” localizou na internet as fotos da farra, que saíram do ar assim que o escândalo estourou.

→ Há sete anos, por ordem da então primeira-dama, Marisa Letícia, os jardins da Granja do Torto e do Palácio da Alvorada ganharam a marca do PT, partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Canteiros em forma de estrela foram desenhados com sálvias vermelhas por jardineiros da Novacap, empresa pública do goverrno do Distrito Federal responsável pela manutenção dos palácios em Brasília.

Leia também:

Lula pediu passaporte especial para familiares e bispo porque achou que o Estado era dele, diz Macris

Lula agiu como “pequeno ditador” ao pedir passaporte diplomático para os filhos, condena Marisa Serrano

Compartilhe:
12 janeiro, 2011 Últimas notícias 2 Commentários »

2 respostas para “Benefício ilegal”

  1. Sandra Sallee disse:

    Como cidada Brasileira , exilada nos USA voluntariamente , fico aguardando que V. Excia , imbuido do poder que lhe foi outorgado pelos eleitores do seu estado , se pronuncie e continue lutando arduamente como tem feito ate hoje , para restaurar a Ordem na Nacao Brasil .
    Ate la , eu , meus filhos (2 ) e meus netos ( 2 )( ainda tenho 2 filhas e 2 netos no Brasil ) , vamos continuando por aqui .
    O fato de viver fora do Brasil nao me faz ficar alienada dos problemas que a nossa rica e prospera terra vive . Ao contrario , consigo enxergar melhor o potencial que o Brasil teria se fosse governado por cidadaos honestos , integros e conscientes como V. Excia .
    Obrigada pelo seu arduo trabalho .
    Sandra Sallee

  2. Arruda disse:

    É um engano do nosso senador Alvaro Dias. Lula nunca fez confusão entre o público e o privado. Ele sempre se locupletou, historicamente, com o poder e com os recursos fornecidos pelo povo. De início como sindicalista, depois como político. É a sua história e a história do PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *