Mandato produtivo


Prestes a deixar a Câmara, Albano Franco afirma ter atuado com seriedade, ética e compromisso

O deputado Albano Franco (SE) aproveitou os últimos momentos na Câmara dos Deputados para se despedir e abordar vários temas que, segundo o tucano, fizeram parte de suas “obrigações parlamentares”. “Fiz inúmeros pronunciamentos e emiti uma série de pareceres a projetos que chegaram à minha apreciação”, ressaltou o ex-governador. “Minha modesta atuação no parlamento brasileiro foi pautada com seriedade, ética e compromisso com os interesses do Brasil, de Sergipe e do seu povo”, afirmou o deputado, aparteado por vários parlamentares durante o discurso.

O tucano salientou algumas de suas bandeiras em favor de melhorias para o país, como a apresentação de um projeto que desonera dos tributos federais todos os medicamentos diretamente utilizados no tratamento de diabetes e da hipertensão. Também ressaltou a necessidade de uma reforma fiscal e defendeu a queda das elevadas taxas de juros praticadas pelo Brasil.

Além disso, o deputado frisou ter pedido com veemencia ao presidente Lula que estudasse a possibilidade da instalação em Sergipe de uma usina nuclear. ”Procurei justificar de maneira técnica e econômica a viabilidade”, justificou Albano. “De forma incansável, pleiteei uma refinaria de petróleo para Sergipe, um dos estados mais ricos deste mineral”, destacou.

O parlamentar afirmou também ter intercedido a favor do agronegócio e do pequeno agricultor rural, particularmente os de Sergipe, seu estado. “Pedi atenção para os citricultores brasileiros, solicitando apoio do governo federal, inclusive para uma possível anistia de suas dívidas”, defendeu.

Albano aproveitou para reafirmar seus compromissos com o país e sua ideologia. “O resultado do último pleito não vai modificar minha história, impedir a minha caminhada ou alterar o meu compromisso de continuar trabalhando pelo Brasil e pelo desenvolvimento de Sergipe com justiça social”, finalizou o tucano.

Reproduzir
baixe aqui

(Reportagem: Thaís Antonelli/ Foto: Ag. Câmara/ Áudio: Elyvio Blower)
Para ler a íntegra do pronunciamento, clique AQUI. (Grande Expediente, 16h36)

Compartilhe:
21 dezembro, 2010 Últimas notícias Sem commentários »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *