Parlamentares do PSDB na Câmara ocupam posições de destaque em diretórios estaduais


Vários integrantes da bancada do PSDB na Câmara participaram, no fim de semana, de convenções do partido nos estados. Em alguns deles, parlamentares foram eleitos ou reeleitos para o comando estadual da legenda, que se prepara para a convenção nacional, marcada para 9 de dezembro em Brasília.

O líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP), participou da convenção em São Paulo e voltou a destacar o empenho dos parlamentares do partido pelas reformas em debate no Congresso. Lá o deputado estadual Pedro Tobias foi reconduzido à presidência do diretório para um mandato de dois anos.

NOVO ESTATUTO

Também presente, o secretário-geral do PSDB, deputado Silvio Torres (SP), destacou que os estados encerraram suas convenções anuais e lembrou que na convenção nacional o partido aprovará um novo estatuto, com diretrizes para sua atuação, e o nome que disputará a Presidência da República em 2018 pela sigla. O deputado Miguel Haddad (SP) foi reeleito 1º vice-presidente do diretório.

Em Minas Gerais, Domingos Sávio (MG) foi reconduzido à presidência do PSDB mineiro. “A nossa união é o símbolo da chapa que toma posse hoje. A convenção é o início de um novo tempo para trabalharmos juntos por Minas Gerais”, afirmou. A eleição foi realizada na sede do partido, em Belo Horizonte, na manhã de sábado (11), e contou com a participação de parlamentares federais e estaduais, prefeitos e lideranças de todo o estado.

Líder Ricardo Tripoli e os deputados Miguel Haddad e João Paulo Papa na convenção tucana em SP.

Em Rondônia, Mariana Carvalho (RO) foi eleita presidente do diretório estadual. “Vamos buscar alternativas para promover o crescimento e a união do PSDB em Rondônia e todo Brasil. Vamos à luta!”, declarou a jovem parlamentar. Nas redes sociais, a tucana relembrou sua trajetória no partido. Há 14 anos, ainda adolescente, Mariana se filiou ao PSDB. Em 2008, foi eleita vereadora de Porto Velho e, em 2014, deputada federal. “Depois, não faltaram desafios de uma jornada que me orgulho muito. Agradeço à minha família, amigos, e todos que me ajudaram até aqui”, disse.

Na Bahia, João Gualberto (BA) também foi reeleito presidente estadual do partido. Em seu discurso, o tucano afirmou que a diferença do PSDB para outras legendas é que o partido é composto por pessoas com ideais e que pensam no Brasil. “Não somos uma seita ou quadrilha como outros. Por isso, há muitos pensamentos, às vezes divergentes, mas compartilhamos o desejo de mudar esse país”, afirmou.

Outro reeleito foi o deputado Giuseppe Vecci (GO), durante convenção estadual em Goiás, no sábado. O evento reuniu mais de 400 pessoas, entre parlamentares, prefeitos e militantes. “Vamos continuar mobilizando a base, criando uma nova relação com quem já é filiado, oxigenando o partido e fazendo o que o PSDB se propôs ao longo de sua história, que é ajudar Goiás e o Brasil a se desenvolverem”, afirmou. No Acre, o deputado Rocha também continuará comandando o partido. 

“Há seis anos, quando assumi a presidência do PSDB-MT eram três prefeitos, hoje são 39. Já o número de vereadores passou de 83 para 190”, destacou Nilson Leitão.

Em Pernambuco, no domingo (5), o deputado federal licenciado e ministro das Cidades, Bruno Araújo (PE), foi o escolhido para comandar o partido no estado pelos próximos dois anos. O deputado Guilherme Coelho (PE) ocupará a 2ª vice-presidência, enquanto o deputado Betinho Gomes (PE) responde pela 1ª secretaria. “Temos aqui, nessa convenção, diversos partidos que vieram dar seu apoio à mensagem que levaremos às ruas e que colocará o estado no rumo, com mais emprego, mais segurança, e mais água para o Sertão”, destacou Coelho.

No Rio Grande do Sul, a deputada Yeda Crusius (RS) comemorou a eleição de Eduardo Leite, como novo presidente do diretório estadual. O ex-prefeito de Pelotas também foi declarado pré-candidato ao governo do estado e, para Yeda, reúne o que o partido mais precisa: “unidade em torno de projetos e valores”. A convenção do PSDB gaúcho foi a maior já realizada no estado e contou com a presença de 1,3 mil pessoas. O governador de Goiás, Marconi Perillo, e o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, também marcaram presença.

BALANÇO POSITIVO

Já no Mato Grosso, Nilson Leitão (MT) está deixando o comando do diretório estadual com uma série de conquistas. “Há seis anos, quando assumi a presidência do PSDB-MT eram três prefeitos, hoje são 39. Já o número de vereadores passou de 83 para 190, enquanto que o de deputados estaduais subiu de um para quatro. A filiação do governador Pedro Taques foi o ponto alto desta gestão”, avaliou Nilson.

Como último ato enquanto presidente do PSDB-MT, o tucano deixou uma mensagem de apoio, de militância e de engajamento. “Que todos os 38,296 mil filiados em Mato Grosso não parem de lutar pela verdadeira política, pela verdadeira democracia e pela construção de uma sociedade justa, onde não falte desenvolvimento, oportunidade de trabalho, empreendedorismo, investimentos e todos os princípios básicos que formam uma sociedade, que são educação, saúde e segurança.”

(Reportagem: Djan Moreno/fotos: divulgação)

Compartilhe:
13 novembro, 2017 Banner, Últimas notícias Sem commentários »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *