Sindicância esvaziada


Planalto usa a tática do silêncio para encobrir denúncias contra Erenice Guerra, condena Leréia 

O deputado Carlos Alberto Leréia (GO) condenou nesta segunda-feira (3) a falta de resultado na sindicância instalada pela Casa Civil para apurar o envolvimento de servidores em esquema de tráfico de influência na gestão da ex-ministra Erenice Guerra. Apesar disso, o caso continua sob investigação em inquérito aberto pela Polícia Federal (PF) e acompanhado pelo Ministério Público Federal (MPF). 

Para o tucano, não houve punição porque a estratégia do PT é mesmo manter o silêncio e não responsabilizar ninguém. “É por essas e outras que o Brasil tem um dos piores índices do mundo em relação à corrupção e um dos que menos pune atos como esse”, afirmou.

A ex-braço direito de Dilma Rousseff, Erenice caiu do cargo, após o jornal “Folha de S.Paulo” mostrar que a estrutura do ministério foi usada por seu filho, Israel Guerra. Segundo empresários, ele cobrava propina para facilitar acesso a negócios do governo.

A investigação interna do Planalto chegou ao fim sem pedir punições ou encontrar provas contra Vinicius Castro e Stevan Knezevic. Castro e Knezevic pediram demissão em setembro, quando as denúncias vieram a público. Knezevic era apontado como operador de um esquema que viabilizava a liberação de empréstimos do BNDES para clientes da empresa de consultoria de Israel.

Contra Castro havia a suspeita de que acessava computadores de outros órgãos, como a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), para fornecer dados a uma empresa interessada no Plano Nacional de Banda Larga. Castro deixou o governo e Knezevic voltou para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), onde é servidor.

Leréia espera que a presidente seja diferente de Lula que sempre desqualificou e abafou os casos de corrupção durante seu mandato. “Esperamos que agora a Dilma não use este mesmo artifício para se fortalecer no poder”, destacou. O tucano disse ainda ter esperança na investigação que está sendo feita pela PF e pelo MPF. 

Reproduzir
baixe aqui

(Reportagem: Artur Filho/Foto: Eduardo Lacerda/Áudio: Elyvio Blower)

Compartilhe:
3 janeiro, 2011 Últimas notícias Sem commentários »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *