Oposição atenta


Tucanos defendem diálogo com novo governo, mas vão cobrar promessas de Dilma

Parlamentares do PSDB defenderam o diálogo da oposição com o governo Dilma Rousseff em favor de reformas importantes para o país e esquecidas pela gestão Lula, como a política e a tributária, ambas já defendidas publicamente por ela. Em seu discurso de posse, a petista afirmou que irá “estender a mão à oposição”. Apesar da boa vontade, deputados e senadores tucanos avisaram que cobrarão e fiscalizarão o cumprimento das promessas feitas pela nova presidente, pois essa pode ser a oportunidade para executar as mudanças tão esperadas pela sociedade brasileira.

A vice-presidente do PSDB, senadora Marisa Serrano (MS), afirmou em seu twitter que a oposição cumprirá seu papel e estará atenta para as ações de Dilma no sentido de realizar essas reformas e ouvir, de fato, os partidos que não fazem parte de sua base de apoio. “O discurso de posse de Dilma, sinalizando o futuro governo, tem que ser monitorado e cobrado pela oposição e para toda sociedade”, escreveu no microblog.

Presente à cerimônia de posse de Dilma no último sábado, o deputado João Almeida (BA), líder do partido na Câmara, ressaltou que o PSDB está disposto a discutir com a nova presidente os principais assuntos nacionais, em especial esses de maior urgência. Segundo o líder tucano, em seu discurso Dilma deveria ter sido mais assertiva em favor da democracia. Na entrevista à Agência Câmara, o deputado avaliou que na comparação com os discursos de Lula no início de seus dois mandatos, a petista se saiu melhor, pois deu mais importância ao assunto.

Já o deputado Alfredo Kaefer (PR) afirmou à Agência Câmara que ouviu algumas informações de que Dilma estaria disposta a se reunir com parlamentares da oposição para negociar a votação de reformas estruturantes, como a tributária e a política. O deputado, porém, reclamou da ausência, no discurso, de compromisso pelo pacto federativo que reduziria as desigualdades regionais.

Por sua vez, o senador Eduardo Azeredo (MG), eleito deputado federal, também afirmou em seu twitter que a oposição estará sempre disposta ao diálogo a favor do país. “O discurso foi bom. A presidenta mostra compostura no cargo. A visão inicial é positiva. Vamos acompanhar, cobrar, fiscalizar. Basta de populismo exagerado”, redigiu.

 

Reproduzir
baixe aqui

(Reportagem: Djan Moreno/Fotos: Eduardo Lacerda/ Áudio: Elyvio Blower)

Compartilhe:
3 janeiro, 2011 Últimas notícias Sem commentários »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *